Diálogo Interativo

Espaço para troca de ideias sobre diversos assuntos, com destaque para atualidades, comunicação, política, educação e relações humanas.

14 agosto, 2006

O exercício da Presidência deixa marcas em Lula

Como não podia deixar de ser, corrupção foi o tema principal da entrevista concedida ao JN pelo presidente Lula, do PT, candidato à reeleição. Com expressão de cansaço, o presidente falou sobre o valerioduto e seus desdobramentos. Assumiu a responsabilidade pelo afastamento dos envolvidos e falou que teria tomado mais rapidamente as providências se tivesse sabido dos problemas com mais antecedência. O problema é que até o homem-forte do presidente, Antônio Palocci, que fora veementemente defendido várias vezes por Lula, teve que deixar o governo — meteu-se na lambança da quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa (lembram dele?) em março.
Lula falou do papel da Procuradoria Geral da República, da Controladoria Geral da União e da Polícia Federal no combate à corrupção.
Dois atos falhos: ao falar sobre a dificuldade de se ter conhecimento de tudo o que acontece com o governo, mencionou a Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo como "ligada" ao Ministério da Agricultura; claro que os dois órgãos têm ligação, mas a Secretaria paulista é vinculada administrativamente ao Governo do Estado. E no final, disse que "a única coisa que vem caindo é o salário... perdão, a inflação..." Resquício do tempo de sindicalista e de político de oposição.
Lula está, de certa forma, pagando o preço por estar no poder. Mas, mesmo assim, demonstra a experiência que tanto lhe foi cobrada por José Serra (PSDB) durante a campanha de 2002. Viveu o céu e o inferno no exercício da Presidência. Agora, está na delicada posição de ser julgado pela população durante o exercício do cargo. Na verdade, seu governo será avaliado pelo voto, como em um plebiscito.

3 Comments:

  • At 19:58, Anonymous Anônimo said…

    Oi, João! Esperei seu comentário sobre os dois candidatos para me expressar.Gostei do que disse, foi muito coerente e distante, como um bom jornalista.
    Verifiquei esta impressão de cansaço no Lula, mas, na verdade, não sei se sou eu quem está cansada do argumento "se eu soubesse que isso estava acontecendo..." O Lula precisa aprender a não bater numa tecla que somente denigre sua imagem, ora passa por monarca, ora bobo da corte.
    A campanha do Lula não terá chances de sair desta saia justa, mas ele deve se preparar melhor para suas justificativas!

    Um abraço, Mariana Rocha

     
  • At 13:32, Blogger Carmen said…

    Olha, João, eu tenho as minhas dúvidas a respeito da validade do voto como instrumento de avaliação do governo Lula. Considerando que pessoas como Collor e FHC já chegaram à presidência pelo voto direto, acredito que o nosso voto seja muito mais determinado pelo peso das propagandas enganosas do que pela avaliação consciente dos candidatos - basta pensar na reeleição de FHC.

    No caso do Lula, honestamente, acho que a "identificação" do povo com ele é que está favorecendo a reeleição. Ou talvez isso seja uma ingenuidade da minha parte porque aquele povo lá da Bahia vota em quem ACM manda, e a relação lá parece ser muito mais de paternalismo do que de identificação. Enfim, fico tentando entender o que faz o povo continuar apostando em um cara que teve membros de seu partido envolvidos nesse lamaçal todo e tem a desfaçatez de dizer que não sabia...

    Outro dia me disseram que o Lula provavelmente não sabia de nada mesmo porque ele não é o estrategista do próprio governo (e nem foi da campanha), porque o Lula não era da intelligentsia do PT. Eu fiquei me perguntando: ora, se ele não é da intelligentsia porque eu votaria nele? Prefiro votar em quem está no nascedouro das idéias ao invés de votar num testa de ferro qualquer, que depois vai alegar que não sabia o que os "pensadores" estavam tramando. Achei esse argumento sofrível mesmo.

    Quero ainda ver um argumento bom em defesa do Lula. Até agora vi mesmo foi muita gente gaguejando e justificando o injustificável, o vergonhoso. Tomara que você escreva um pouco sobre isso um dia...

    Beijo.

     
  • At 13:29, Blogger Carmen said…

    Feliz dia do blog, João!!!
    (acredite, isso existe!)

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home