Diálogo Interativo

Espaço para troca de ideias sobre diversos assuntos, com destaque para atualidades, comunicação, política, educação e relações humanas.

29 outubro, 2010

De olho no voto II, o desfecho

Ao contrário do que fiz em outros anos, preferi não postar textos e mais textos sobre as eleições deste ano. A guerra virtual ficou tão intensa que este reles blog iria ser apenas mais um na profusão de cliques eleitorais. Nem e-mails sobre eleições repassei — li um por um e deletei a imensa maioria.

Estou confiante na vitória de Dilma Rousseff neste domingo. Isto não significa que eu pense que ela já ganhou. Apenas estou otimista. Fiz um pouco de campanha, colei adesivos no carro, participei de uma carreata aqui em Belo Horizonte, conversei com muita gente, mas sem provocações nem discussões acaloradas nem tentativas de convencimento.

Hoje tem debate na Globo, com aquele interessante formato de apenas eleitores indecisos perguntando. Bem bacana, porque deve focar mais nas propostas e menos nos motivos de baixaria. E como teve baixaria nesta campanha! Também, Dilma passou todo o primeiro turno apanhando. Tinha que ir pra cima, talvez não de forma tão pesada quanto foi, mas tinha que se defender. É igual briga de menino na escola: só para de apanhar quando bate.

Campanhas no Brasil são muito longas. Para mim, 30 dias bastariam.

Beligerâncias à parte, acredito que o melhor para o Brasil é o projeto ora em curso, que Dilma representa.

De qualquer forma, o jogo só termina depois do apito do juiz. E eleição ganha (ou perdida) é só depois de contado o último voto.

Volto a escrever semana que vem, para comentar o resultado. Bom voto a todos/as.

5 Comments:

  • At 09:01, Anonymous Anônimo said…

    Por que não escreve de forma menos culta, polida??? Claro, sem deixar a forma correta de lado. Desde que comecei a ler este blog, percebo que se preocupa muito com a polidez das palavras, isso as vezes traz um "tom" falso ao que escreve, penso que quem te conhece deve sentir o mesmo... minha opinião.

     
  • At 10:28, Blogger João Flávio Resende said…

    Caro Anônimo,
    Trato política desta forma, menos acalorada. Já briguei muito pra convencer os outros do que penso. Não faço mais isso. Talvez essa seja a razão de escrever assim a respeito.
    Além disso, a proposta do blog é debate de ideias, não gosto muito de desabafar ou expor minhas paixões aqui, embora tenha alguns posts com tom de desabafo, como o último que escrevi sobre trânsito.
    De qualquer forma, levarei em conta sua opinião, que considerei muito bem-vinda.
    Abraços e obrigado.

     
  • At 15:58, Anonymous Anônimo said…

    Dizer a alguém como ela deveria escrever em seu próprio blog é um pouco impróprio, não?

     
  • At 16:22, Blogger João Flávio Resende said…

    Caro/a Anônimo/a II,
    É a liberdade de expressão do mundo virtual, o espaço de livre manifestação das opiniões divergentes.
    Acho que o/a autor/a do primeiro comentário está mais acostumado/a a essa linguagem descolada de internet. Já eu transportei pro blog, desde 2006, quando o criei, o mesmo texto que sempre escrevi, da forma como acho que todo jornalista deveria escrever. E como não exerço esta profissão (por opção, diga-se de passagem), o DI é o meu espaço de pleno exercício da escrita.
    Abraços.

     
  • At 08:06, Anonymous Anônimo said…

    Caro Anônimo II,

    Não vejo como imprópria a forma que me expressei no primeiro comentário, leio frequentemente este blog, e EU particularmente até me acostumei com a forma que o autor escreve. Agora para outras pessoas não tão acostumadas, que tenham interesse em estar lendo, talvez a linguagem seja realmente um pouco polida mesmo. Acredito que a intenção do blog seja expor temas para que as que os leitores discutam temas, seja políticos ou não, do vida cotidiana, agora se a proposta for escrever como um caderno de política ou de economia, talvez seja melhor comprar um jornal ou revista especializado. Se você se sentiu ofendido (a) com minha opinião e dica ao autor, minhas sinceras desculpas, mas este comentário foi direcionado somente ao autor.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home